Setor de energia: conheça os desafios, ameaças e soluções deste mercado

Setor de energia: conheça os desafios, ameaças e soluções deste mercado

Setor de energia: conheça os desafios, ameaças e soluções deste mercado

O  mercado brasileiro de energia está em constante crescimento. Novas infraestruturas e projetos direcionados à área surgem dia após dia, fomentados pelo alto consumo e pelo fluxo  financeiro que o setor gera. Não por acaso, segundo dados do CCEE, em 2018, esse segmento movimentou R$ 50,19 bilhões – um aumento de 16% em comparação com 2017, no qual o valor geral chegou a R$ 43,1 bilhões.

Em solo brasileiro, a energia provém, principalmente, de hidrelétricas, por conta da quantidade de bacias hidrográficas e cursos d’água espalhados por quase todo o território. Essa fonte, no entanto, é constantemente ameaçada por “vilões” como seca, estiagem e consumo desenfreado – causado pela modernização tecnológica e o consequente aumento do uso da eletricidade, entre outros fatores. Há também barreiras processuais, como entraves na distribuição elétrica à população.

Pensando nisso, políticas públicas têm sido implementadas nos últimos anos para aumentar a participação de outras fontes em nossa matriz e fazer com que este segmento se mantenha equilibrado e saudável para a economia nacional. Entretanto, vale dizer que por mais que as fontes Termoelétrica, Eólica, Nuclear e Solar (entre outras) já tenham cada vez mais representatividade na geração da energia do país, as mudanças constantes na regulamentação da matriz ainda deixam muitas dúvidas em aberto.

Fontes renováveis

Alto consumo e demanda por custos mais baixos: esse é um dos dilemas mais recorrentes em praticamente todo tipo de mercado,  e no ramo de energia não poderia ser diferente. Em solo brasileiro, as buscas por fontes renováveis aumentam, motivadas não apenas pela tentativa de diminuir o custo da energia para consumidores, mas também para que sirvam como alternativa diante de quadros de esgotamento das fontes não renováveis, como o petróleo e o gás natural, por exemplo. E tais buscas têm rendido frutos: de acordo com o Boletim de Monitoramento do Sistema Elétrico, divulgado pelo Ministério de Minas e Energia em agosto de 2018, as fontes renováveis representaram, em junho, 81,9% da capacidade instalada de geração de energia e 87,8% da produção total verificada no país.

A MDS mantém o olhar atento à ascensão deste nicho e, por isso, já disponibiliza soluções compatíveis com a realidade de empreendimentos dessa natureza. Um exemplo é o Seguro Paramétrico: uma cobertura personalizada por cliente, baseada em um indicador específico e diretamente relacionada à atividade. Por se tratar de uma solução que se adapta muito bem a riscos e indicadores voláteis, como o clima, esse seguro é cada vez mais indicado a companhias ligadas a fontes renováveis. “Nosso produto é desenvolvido em parceria com os maiores players mundiais do segmento e utiliza o que há de melhor em análise de dados e equipe técnica”, explica Thiago Tristão, Vice Presidente de Riscos Empresariais e Resseguros da MDS Brasil. “Como resultado, consolidamos uma proteção sob medida, com coberturas compatíveis com o histórico, os indicadores e as condições (climáticas, geográficas, demográficas e etc.) em que o negócio acontece”, complementa o Global Business Executive, Victor Garibaldi.

Proteção para o setor

Pensar apenas na estrutura, diversificação e proteção da matriz energética não resolve 100% dos desafios enfrentados por esse mercado tão fundamental e rentável. É importante considerar que quase todas as fontes de energia estão sujeitas a catástrofes naturais e até mesmo questões mais burocráticas ligadas às etapas de Transmissão e Distribuição de energia.

Graças à expertise no setor de energia e à integração com o MDS Group, a MDS dispõe de um marketplace de soluções capazes de identificar, analisar, tratar e mitigar riscos e perdas de empresas do nicho.  Dentre os produtos que oferecemos, estão:

  • Seguro Patrimonial
  • Lucros Cessantes
  • Riscos Ambientais
  • Garantia
  • Responsabilidade  Civil
  • Riscos de Engenharia
  • Resseguros

Ficou interessado em nossas formas de prever os riscos e proteger o setor de energia? Então, fique atento à participação da MDS no XVIII Encontro Anual do Comitê do Setor Elétrico da ABGR, que acontecerá nos dias 29, 30 e 31 de maio, no Hotel Vitória, em Campinas. Durante a conferência, as mais  importantes empresas de Geração, Transmissão, Distribuição e Comercialização de energia trocarão experiências e ideias e abordarão os desafios que permeiam o setor.

Curta também as nossas páginas no Facebook, LinkedIn e Instagram  e mantenha-se sempre atualizado!

 

Fontes:

  1. Números compartilhados pelo Mercado Brasileiro de Energia Elétrica. Disponível em: https://www.mercadolivredeenergia.com.br/noticias/mercado-de-energia-movimentou-r-5019-bi-em-2018/
  2. Informação da Agência Brasil. Disponível em: http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2018-08/fontes-renovaveis-responderam-por-quase-88-da-energia-gerada-em-junho