JUNHO VERMELHO, DOAÇÃO DE SANGUE

JUNHO VERMELHO, DOAÇÃO DE SANGUE

JUNHO VERMELHO, DOAÇÃO DE SANGUE

A Organização Mundial da Saúde busca conscientizar o público em geral da necessidade de doações voluntárias regulares para garantir a qualidade, a segurança e a disponibilidade do sangue e seus derivados. A doação de sangue é totalmente voluntária e pode salvar até 4 vidas.

A quantidade de sangue retirada de uma doação representa pelo menos 10% do total de sangue do corpo humano adulto, sendo de rápida recuperação.

Por que doar sangue?

O sangue é imprescindível e sem ele é impossível viver. A importância da doação de sangue é manter os estoques sempre abastecidos, não dependendo de casos específicos para comover a população.

Como e quem pode doar sangue?

Para doar sangue é preciso seguir algumas recomendações:

  • Estar em boas condições de saúde
  • Estar alimentado (evitar alimentação gordurosa nas 4 horas que antecedem a doação)
  • Ter entre 16 e 69 anos (menores de idade precisam da autorização com a presença dos pais e maiores de 60 anos devem ter doado ao menos uma vez antes de completar a idade)
  • Pesar no mínimo 50kg
  • Levar documento com foto recente e original
  • Não ingerir bebidas alcoólicas 24 horas antes
  • Não apresentar gripe, resfriado, febre ou algum processo infeccioso/inflamatório atual

Será realizado uma triagem clínica individual sobre seu histórico médico, seus hábitos e suas condições de saúde. A entrevista tem como objetivo assegurar a saúde do doador e do receptor.

Cuidados após a doação

Após a doação de sangue, é necessário ter alguns cuidados:

  • Permanecer sentado durante 15 minutos. Comer e beber o lanche fornecido no local de coleta
  • Evitar esforços físicos exagerados por pelo menos 12 horas
  • Evitar bebidas alcoólicas 12 horas após a doação
  • Aumentar a ingestão de líquidos, principalmente nas primeiras 4 horas
  • Manter o curativo no braço por pelo menos 4 horas
  • Não fumar por cerca de 2 horas

Intervalo entre doações

Para mulheres a doação pode acontecer a cada 3 meses, sendo no máximo 3 doações anuais. Já para os homens a doação pode acontecer a cada 2 meses, sendo no máximo 4 doações anuais.

O amor corre nas veias! Doe sangue, salve vidas!

Fonte: