voltar

QUER PARAR DE FUMAR?

06.05.2019
Campanha Tabagismo MDS Brasil

No Brasil,  segundo o Ministério da Saúde, houve uma queda de 36% no número de fumantes, nos últimos anos. Esse resultado foi consequência de ações realizadas pelo Governo Federal, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), que oferece tratamentos gratuitos, como adesivos, pastilhas e gomas de mascar com reposição de nicotina. 

Além dessas alternativas, um fator importante foi a implementação da Lei Antifumo, que proíbe o uso de cigarros, charutos, cachimbos, narguilés e outros, derivados ou não de tabacos, em locais de uso coletivo, público ou privado.

Todos esses auxílios são fundamentais para diminuir o índice de tabagismo e de doenças que ele pode causar ou agravar, como câncer, enfisema e doenças cardiovasculares. No entanto, também existe o fator de decisão pessoal. Escolher parar de fumar não é uma tarefa fácil, principalmente em razão da dependência gerada pelo tabaco. 

 

Dois grandes motivos para estimular a decisão de parar de fumar são:

  • Não querer prejudicar sua própria saúde e a de quem está próximo de você;

  • O risco de doenças causadas pelo tabagismo não atinge somente o fumante, mas todos que convivem perto dessa pessoa, seja no ambiente familiar ou profissional Fora isso, respirar a fumaça também pode causar asma, irritação nos olhos e nariz e efeitos negativos no desenvolvimento de crianças –  especialmente no crescimento fetal.


Confira agora outras dicas para tomar a decisão e parar de fumar:


  • Tenha determinação! Seja firme fuja de todas as rotinas que fazem você cair na tentação de fumar;

  • A partir do momento que decidir parar, marque uma data para isso ocorrer e utilize este marco como um fortalecimento ao longo do processo, e não como um ato de saudade ou martírio;

  • Encontre substituições saudáveis, como realizar atividades físicas, consumir água gelada, picolés de frutas, palitos de cenoura crua, frutas geladas picadas, dentre outras;

  • Observe sempre suas atitudes e, principalmente, descubra quais delas te levam a fumar;

  • Evite café e álcool, pois eles costumam estar associados à vontade de fumar;

  • Procure o apoio de profissionais de saúde;

  • Encontre suporte entre seus amigos e familiares. O incentivo por parte de quem compartilha seus momentos é de suma importância.


Para complementar: não se esqueça do Dia D – o dia em que você decidiu parar de fumar –, e comemore todos os anos essa conquista! Cuide da saúde de quem ama, começando por você! 



#MDSBrasil #DeBemComAVida #VivaSemTabaco #NãoFume #SemTabaco


Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, você está consentindo o seu uso. Saiba mais

Compreendi