Plano de previdência privada é atrativo para colaboradores e empresas

Plano de previdência privada é atrativo para colaboradores e empresas

Plano de previdência privada é atrativo para colaboradores e empresas

A previdência tem sido um dos assuntos de maior destaque nos últimos tempos por conta das discussões sobre alterações relacionadas ao tema na esfera pública, visando principalmente uma aposentadoria tranquila, ou seja, o seu objetivo a longo prazo. Consequentemente, a previdência privada também entrou em evidência, seja por parte das pessoas que procuram fontes complementares de garantia de renda futura, seja  pelas  empresas que buscam oferecer esse benefício como atrativo aos seus funcionários, gerando valor para eles e seus colaboradores.

Facilidades para funcionários e empresas

Para os trabalhadores, a previdência privada é uma excelente maneira de proteção  complementar para quem procura independência financeira a longo prazo e não depender das decisões do governo.

Para a empresa,  acrescentar esse produto em sua cesta de benefícios demonstra preocupação com o futuro do colaborador. Na maioria dos casos,  as contribuições do trabalhador para adquirir um plano de previdência privada pela empresa não passa de 6% da remuneração, ou também existem formatos de contribuição fixa (um mesmo valor todo mês). A forma de contribuição, dependerá  da forma contratada e escolhida pela empresa Além do modelo de contribuição definida (valor fixo de contribuição e determinação do valor de benefício no momento da aposentadoria), existe o modelo de benefício definido. Nele, o valor da aposentadoria é fixo e as contribuições são variáveis para que o montante seja atingido no momento de se aposentar. Há ainda o programa de contribuição variável, uma mistura das duas modalidades anteriores.

Previdência privada aberta e fechada

As empresas podem optar por oferecer o benefício de duas formas: previdência privada aberta ou fechada. No modelo de previdência aberta, encontramos os planos que- ofertados pelas entidades de Previdência complementar aberta, podendo ser estipulados por pessoas físicas ou empresas.

Já no modelo de previdência fechada (também chamada de Fundos de Pensão) consiste em  planos desenhados especificamente para cada empresa, contendo regras, normas e legislações diferenciadas, sendo que somente podem ser ofertados para aqueles vinculados a Patrocinadora do contrato,  modelo conta com um órgão regulador das atividades para que tanto a empresa quanto os funcionários não sofram com fraudes de nenhuma natureza.