LEANDRO MARTINS: D&O É VISTO COMO IMPORTANTE BENEFÍCIO PARA EXECUTIVOS

LEANDRO MARTINS: D&O É VISTO COMO IMPORTANTE BENEFÍCIO PARA EXECUTIVOS

LEANDRO MARTINS: D&O É VISTO COMO IMPORTANTE BENEFÍCIO PARA EXECUTIVOS

Os recentes escândalos em grandes corporações brasileiras expuseram o nível de risco pessoal ao que o corpo diretivo está sujeito e também a dificuldade de se isolar a atuação desses executivos da atuação da empresa.

 

Esses processos trouxeram à tona a percepção de que, mesmo atuando dentro dos limites da lei, o executivo que toma decisões de grande impacto diariamente podem ter os resultados negativos dessas decisões recaindo sobre ele e sua família.

 

Esse entendimento fez crescer a noção da importância da proteção ao patrimônio pessoal e, consequentemente, a procura pelo seguro de Responsabilidade Civil para Administradores e Gestores, mais conhecido como D&O (Directors and Officers Liability Insurance).

 

O seguro passou a ser visto por executivos como um benefício e, muitas vezes, até como condição necessária para a boa execução de suas funções, por permitir que o gestor tome decisões de grande impacto com a tranquilidade de saber que não está colocando em risco a saúde financeira de sua família.

 

A procura, no entanto, deixou claro que o produto ainda está em fase de maturação no Brasil e precisa ter seu entendimento melhorado, tanto pelo mercado quanto pelas empresas.

 

Segundo Leandro Martins, Gerente de Riscos Financeiros da MDS Insure Brasil, um primeiro ponto importante é entender que a cobertura deve incluir todos os decisores:

 

“Para que o D&O seja realmente efetivo, o conceito de segurado deve ser amplo, garantindo proteção a todos que tomam decisões de grande impacto dentro da Companhia.”

 

O D&O protege administradores contra os riscos da profissão, incluindo indisponibilidade de bens e penhora online, responsabilidade por erros e omissões, pagamento dos custos de defesa, responsabilidades estatutárias (Trabalhista, Tributária, Previdenciária), riscos regulatórios (Inquérito, Processos Administrativos, Investigações), multas e penalidades civis (custos de defesa e depósitos recursais), entre outros.

 
Diante desse cenário, o mercado tem atuado fortemente para ampliar o entendimento do produto, aumentar as possibilidades de contratação e o apelo do D&O, que já faz parte do ambiente corporativo de diversos países, é visto como extremamente importante pelos gestores, e tem um enorme potencial de crescimento no Brasil.