Carro corporativo é solução, mas é preciso levar a segurança em conta

Carro corporativo é solução, mas é preciso levar a segurança em conta

Carro corporativo é solução, mas é preciso levar a segurança em conta

Comprar carros para os funcionários de sua empresa pode ser bastante vantajoso, pois muitas montadoras contam com programas de descontos utilizando o número do CNPJ. Este também é um atrativo às companhias que oferecem o benefício, caso a ideia seja fazer uma proposta de trabalho a um profissional reconhecido no mercado. Com certeza, essa regalia fará toda a diferença na negociação – podendo ser um dos principais motivos para a aceitação da proposta. Porém, para que a gestão seja efetiva, é necessário pesquisar bem como realizar essa ação, pois tudo depende da marca, modelo e quantidade de automóveis comprados.

Lista de modelos mais visados em roubos e furtos de veículos

Ainda na fase da pesquisa (uma das mais importantes), é fundamental prestar atenção em quais são os carros mais visados em roubos. No primeiro semestre deste ano foram registrados mais de 101,4 mil casos de roubos e furtos de automóveis no estado de São Paulo, de acordo com a Secretaria de Segurança Pública.

Entre os cinco modelos mais roubados e furtados estão, em ordem crescente, o Toyota Etios (2,911), o Chevrolet Onix (2,717), o Hyundai HB20 (2,468), o Fiat Punto (2,193) e o Fiat Weekend (2,130). O levantamento, divulgado pela Superintendência de Seguros Privados (Susep), mostrou o Índice de Veículos Roubados (IVR) determinado a partir da divisão entre o número de ocorrências (roubos e furtos) e o total de unidades seguradas do modelo.

Estilo e questões de segurança

Outra questão é o estilo dos veículos que comportam a demanda e cumpram as necessidades da empresa e dos funcionários que irão utilizá-los. Por exemplo: se a companhia costuma conceder o carro a um único dono, vale verificar questões de segurança em detrimento de outros quesitos, como espaços internos. Se o carro será utilizado por um motorista da empresa para conduzir os funcionários durante o horário de trabalho, os mais indicados são os modelos mais espaçosos e econômicos. Com a pesquisa bem-feita, o recurso do automóvel se torna um importante aliado.

Além de prestar atenção nas características do veículo, é preciso ficar atento à proteção do bem e à segurança do colaborador por meio de um seguro. Para evitar gastos e imprevistos, a empresa tem duas alternativas. A primeira é fazer o seguro individual com condições muito semelhantes à apólice comum de automóvel. Outra opção é o seguro de frotas, com diversas vantagens por englobar um número maior de veículos. Entre os benefícios estão o desconto no preço, uma cobertura maior e um atendimento diferenciado. Lembrando também da necessidade de incluir no seguro dos automóveis a cobertura de Responsabilidade civil, que protegerá a empresa em caso de alguma ação judicial decorrente de sinistros com o veículo.