Blog

Gestão de Afastados: a MDS pode ajudar você nesse desafio!

Gestão de Afastados: a MDS pode ajudar você nesse desafio!

Acredite se quiser, o Benefício Saúde é o benefício mais valorizado, e também o mais desperdiçado nas empresas: enquanto 90% dos trabalhadores brasileiros aponta essa comodidade como a mais importante de todas, o sistema de saúde do Brasil chega a perder uma quantia equivalente a 40% do custocom fraudes, sobrepreços, ineficiência, despesas administrativas excessivas e serviços desnecessários. E se engana quem pensa que esses números são contraditórios, afinal, eles revelam nada menos que algumas consequências da má gestão da saúde corporativa.

E por falar em gestão, dar suporte à saúde dos colaboradores torna-se um grande desafio para as empresas quando o cenário, já bastante complexo devido a questões como reajustes nos planos, afastamentos e absenteísmos, deve ser adequado aos parâmetros do eSocial – o novo projeto do Governo Federal que orienta as companhias a cadastrarem, de uma única vez, todos os dados de seus trabalhadores para unificá-los. Para que essa dinâmica dê certo, é necessário que o controle inadequado de atestados, a falta de acompanhamento dos afastados, a  perda de prazo de recursos, o aumento do FAP (Fator Acidentário de Prevenção) e outras situações delicadas sejam reduzidas e controladas.

Assim como os departamentos de Recursos Humanos de toda empresa, nós da MDS também acreditamos que a gestão estratégica atrelada a uma política eficiente de benefícios é um dos melhores caminhos para cuidar de pessoas, e por isso, desenvolvemos um processo exclusivo de Gestão de Afastados que combina sistema automatizado, equipe técnica especializada e ferramentas alinhadas ao que há de melhor e mais inovador no mercado de Benefícios. Tudo para analisar e organizar e integrar os bancos de dados de clientes e parceiros com transparência, resultados garantidos e o melhor custo-benefício. “Queremos oferecer a melhor estratégia para os clientes. Buscamos sempre disponibilizar novas ferramentas e soluções que sejam eficazes nas necessidades deles”, reforça o Vice-presidente de Saúde e Benefícios da MDS Brasil, Gustavo Quintão.

Eficiência comprovada

Nossos serviços já mostraram, na prática, que uma Gestão de Afastados bem feita faz  uma grande diferença no orçamento das empresas. Não por acaso, uma organização do ramo financeiro vivenciou uma economia estimada de R$ 200 mil  – o equivalente a R$ 3.650.005,00 anuais. E mais: esse notável alívio nos gastos veio acompanhado de outros savings, como:

  • Análise 100% das divergências de 389 CNPJs
  • Redução de 80% na concessão de NTEPs
  • Redução de 52% na concessão de B91 (benefício dado a trabalhadores vítimas de lesões ocupacionais)
  • Redução de 9% no FAP

Assim como essa empresa, outros empreendimentos têm obtido sucesso e importantes reduções nos gastos sem a necessidade  de promoverem mudanças radicais no dia a dia de seus departamentos de RH.

Presença no Encontro de Negócios

A fim de disseminar a importância e as vantagens de adotar a Gestão de Afastados, a MDS Brasil promove hoje o Encontro de Negócios. Realizado em Salvador, o evento tem como objetivo estreitar as relações da empresa com representantes da região e destacar apresentações sobre as ações do eSocial e de Gestão de Afastados. Palestrantes consagrados, como os médicos do Trabalho Paulo Zaia e Thiago Lovalho, dividirão espaço com outros convidados cujas experiências de mercado prometem gerar grandes insights em prol do bem-estar dos colaboradores. “Esse evento é uma forma de provocarmos a reflexão e motivarmos os participantes a buscarem recursos que os ajudem a alcançar os resultados traçados”, afirma Quintão.

Quer saber mais? Então, não deixe de curtir as nossas páginas no Facebook, LinkedIn e Instagram. Fique por dentro de todas as nossas novidades!

Dia Mundial da Saúde

Dia Mundial da Saúde

No dia 07 de abril comemoramos o dia mundial da saúde e esta data tem como finalidade conscientizar a população a respeito da importância de manter o corpo e a mente saudáveis e também falar de alguns problemas de saúde que atingem a população mundial, alertando sobre os riscos e ensinando sobre a prevenção.

Para garantir seu compromisso com a saúde, a Organização Mundial da Saúde (OMS) tem metas ambiciosas para 2019, confira:

  • Reduzir a poluição do ar e mudanças climáticas
  • Reduzir o número de doenças crônicas não transmissíveis
  • Evitar pandemias de Gripe
  • Levar saúde a todas as regiões do mundo, reduzindo os cenários de fragilidade e vulnerabilidade
  • Combater a resistência antimicrobiana
  • Combater os surtos de Ebola
  • Expandir a atenção primária a saúde
  • Melhorar a adesão as campanhas vacinais
  • Combater a Dengue
  • Reduzir o número de infecção pelo vírus do HIV

São metas interessantes nas quais podemos colaborar para seu o cumprimento. Afinal, é trabalhando a prevenção que teremos força frente a esses desafios.

Aqui vão algumas dicas para melhorar nossa saúde e bem-estar e contribuir para as metas da OMS.

Alimentação saudável: Busque sempre opções saudáveis e coloridas para compor o seu prato, evitando excesso de comidas industrializadas, enlatadas e embutidas. Lembre-se de realizar as três refeições principais e as intermediárias.

Uso de tabaco e álcool: O consumo exagerado de álcool e o uso do tabaco estão ligados a diversas doenças crônicas não transmissíveis como, Hipertensão Arterial, Diabetes, dentre outras. Evite esses vícios!

Hidratação: Você sabia que o nosso corpo suporta um tempo maior sem alimento do que sem água? A hidratação é essencial a vida, precisamos consumir em média 2 litros de água por dia para manter o bom funcionamento do organismo.

Atividade Física: A prática de atividade física faz bem para a mente e o corpo. Os benefícios são muitos, desde a perda de peso a redução do risco de desenvolver hipertensão, doenças cardíacas, acidente vascular cerebral, diabetes, câncer de mama e de cólon, depressão entre outras. A OMS recomenda 150 minutos semanais de atividade física leve ou moderada (cerca de 20 minutos por dia) ou, pelo menos, 75 minutos de atividade física de maior intensidade por semana (cerca de 10 minutos por dia). Vamos nos agitar!

Promoção a saúde: A atenção primária a saúde tem objetivo de promover a qualidade de vida e reduzir vulnerabilidade e riscos à saúde. Embora, essa seja a “porta de entrada” para o sistema de saúde, culturalmente buscamos a atenção secundária, o tratamento das doenças.

No entanto, lembre-se de que prevenir é sempre melhor do que remediar. Faça seu acompanhamento anualmente ou de acordo com o recomendado pelo seu médico e não esqueça de fazer seus exames e leva-los no retorno. Na atenção primária temos toda uma equipe de saúde preparada para lhe oferecer o tratamento mais indicado e personalizado. Agende seu médico!

 

Saúde é o bem mais precioso da vida. Cuide da sua você também!

 

Fonte:

Portal da Saúde

Nações Unidas

PAHO

Atividade Física

Zurich e Havan assinam parceria para seguros massificados

Zurich e Havan assinam parceria para seguros massificados

Como o próprio nome já diz, Affinity é um programa que visa estabelecer afinidade entre a marca e o consumidor por meio de soluções em seguros customizadas para os canais de vendas de clientes varejistas.

A longa parceria que temos com a Havan é um exemplo de como o nosso trabalho consultivo de corretagem contribui para um processo de Affinity satisfatório para todos os envolvidos. Aliás, o tema rendeu uma matéria no Valor Econômico!

Quer entender melhor como o nosso programa traz vantagens à Havan e aos clientes finais? Veja o processo no ciclo abaixo:

Adequação às necessidades. Entendemos as demandas da Havan e, baseadas nelas,  disponibilizamos as soluções apropriadas. Conhecer o cliente nos permitiu conseguir a seguradora parceira ideal e ofertar serviços alinhados à estratégia da varejista.

Treinamento e presença constantes. Nosso trabalho vai além da mediação entre a seguradora e a rede de lojas. Fazemos um acompanhamento regular do programa de Affinity junto à Havan para garantir que as nossas soluções estejam sendo eficientes. Treinamentos de manutenção também são executados periodicamente para que os vendedores se mantenham afiados e motivados. O diálogo não para!

Venda nas lojas. Treinados, os vendedores da Havan oferecem aos clientes soluções que agreguem proteção a sua renda ou aos produtos adquiridos na loja. O Roubo e Furto, por exemplo, é indicado a compradores de eletroportáteis, como smartphones, tablets e etc.;  Já o Garantia Estendida é recomendado àqueles que adquirem eletrodomésticos e outros itens.

Satisfação do cliente. Ao oferecer seguros adequados às demandas da Havan e de seus clientes, atingimos o patamar mais alto do nosso programa: o aumento da conversão de vendas nas lojas e a satisfação dos consumidores finais. Não há nada mais importante do que garantir respaldo, segurança e retorno financeiro a todos os envolvidos no nosso programa, afinal, proteger o mundo dos nossos clientes é a nossa grande ambição.

Purple Day

Purple Day

A origem do Purple Day

O “Dia Roxo” nasceu em 26 de março de 2008 na Nova Escócia, no Canadá, e tem por objetivo aumentar a conscientização sobre a epilepsia. Foi criado por Cassidy Megan, uma criança que na época tinha apenas nove anos de idade, com a ajuda da Associação de Epilepsia da Nova Escócia (EANS).

A data ficou conhecida como “Dia Roxo” devido a flor de lavanda, que Cassidy escolheu para representar a epilepsia. Ela escolheu esta flor por ser associada à solidão, sentimento de isolamento compartilhado por muitas pessoas que convivem com a doença.

O que é epilepsia?

A epilepsia se caracteriza por manifestações neurológicas, que vão desde crises de ausência a crises convulsivas, sempre seguidas de confusão mental. Isso ocorre devido a uma desorganização das ondas cerebrais que, dependendo do lugar no cérebro em que esse foco se desorganiza, pode apresentar diferentes sintomas.

crise de ausência é caracterizada por perda súbita da consciência e olhar vago, como se a pessoa estivesse com o pensamento distante, fora do ambiente no qual está, não responde a estímulos ou ao que lhe é perguntado. Dura de alguns segundos a poucos minutos e muitas vezes a pessoa não se lembra do que aconteceu.

Já a crise convulsiva, que também é conhecida como crise tônico-clônica, é a manifestação mais comum. Essa crise é aquela que a pessoa se debate, cerra os dentes, apresenta excesso de salivação e é seguida por confusão mental.

Então, o que fazer para ajudar uma pessoa em crise convulsiva?

  • Primeiro, mantenha a calma diante de uma pessoa com crise do tipo convulsiva – a crise geralmente dura poucos segundos ou minutos e passa sozinha
  • Mantenha a pessoa deitada e espere ela se debater. Pode ser um pouco aflitivo ver a pessoa se debatendo, mas não há muito a se fazer
  • Enquanto ela está se debatendo, apoie sua cabeça para evitar um trauma e vire seu rosto de lado para eliminar o acúmulo de saliva ou para impedir que se asfixie com o próprio vômito
  • Nunca segure a língua e não coloque nada na boca da pessoa em crise. É preciso ficar claro que ela jamais conseguirá engolir a língua
  • Retire objetos de perto para evitar que ela se machuque

IMPORTANTE: Por que não devemos pegar a língua de uma pessoa que está em crise convulsiva?

Quando se está em crise convulsiva, a mordida é muito forte e inconsciente (a pessoa não sabe o que está fazendo naquele momento), por isso não se deve pôr a mão na língua ou qualquer outro objeto, como lenço ou talher. Ao contrário do que muitos pensam, não há risco algum da pessoa engolir a língua, pois a mesma é presa. O pior que pode acontecer durante a crise é a pessoa morder a língua, o que pode fazer com que ela sangre e fique dolorida, mas vai sarar. No entanto, quando se coloca objetos na boca, os ferimentos podem ser ainda mais sérios.

Diagnóstico e tratamento

Para um diagnóstico de epilepsia, é preciso que haja recorrência espontânea das crises: uma crise única não é indicativa da síndrome – embora a pessoa deva procurar um médico para saber o que provocou esse episódio.

Uma vez diagnosticada a epilepsia, o tratamento é medicamentoso e o paciente deve manter as visitas ao médico, nunca interromper a medicação sem orientação e nem reduzir a dosagem por conta própria. O medicamento pode ser fornecido pelo Ministério da Saúde e pela Unidade Básica de Saúde, e é importante manter o acompanhamento médico regular para controle.

“A epilepsia pode fazer parte da sua vida, mas não permita que sua vida seja a epilepsia”.

 

Fonte:

Brainn

Entrevista do Drauzio Varella

Epilepsia com Drauzio Varella

Dia Internacional da Mulher: um marco de conquistas e transformação

Dia Internacional da Mulher: um marco de conquistas e transformação

A maioria das data comemorativas foi criada pelo próprio comércio, no entanto, o Dia Internacional da Mulher — celebrado em 8 de março ―, é uma exceção cheia de significados relacionados à igualdade de gênero.

A data, na verdade, tem origem trabalhista e é resultado de uma série de protestos de operárias que, até então, sentiam na pele a exaustão de extensas jornadas de trabalho regulamentadas por direitos e condições ainda piores que a dos homens da mesma época. No Brasil, o dia 08.03 costuma ser associado a um evento em especial: um incêndio ocorrido em Nova York, no dia 25 de março de 1911, na empresa Triangle Shirtwaist Company. A tragédia levou à morte 146 trabalhadores ― dos quais 125 eram mulheres. O evento acabou por revelar as tristes condições enfrentadas.

Mulheres transformadoras

E essa luta pela igualdade de gênero semeou entre as mulheres uma força motriz transformadora que, até hoje, rende frutos valiosos não só para o universo feminino, mas para a história de toda a humanidade. E por falar em semear, a professora, bióloga e ativista política do meio ambiente Wangari Maathai é um dos nomes que representam muito bem a extensa lista de agentes femininas de mudança ao redor do mundo. Queniana, Wangari fez a diferença ao lutar por suas grandes paixões: a biologia, o meio-ambiente e os direitos das mulheres. Formada e pós-graduada em Biologia em solo estrangeiro, foi, inclusive, a primeira mulher da África Oriental a atingir o nível de Doutorado. E não parou por aí: nos anos 70, ela fundou o Movimento Cinturão Verde ― um programa de plantação de sementes direcionado às mulheres, e integrou o Conselho de Honra do World Future Council. Suas iniciativas resultaram em 47 milhões de árvores plantadas, e lhe renderam o Nobel da  Paz em 2004.

Em terras brasileiras, Enedina Marques e Maria da Penha Fernandes marcaram conquistas singulares por trajetórias distintas: de um lado, estudos, e de outro, luta contra agressões domésticas. Paranaense, nascida em 1913 e filha de mãe humilde e pai ausente, Enedina foi ninguém menos que a primeira mulher negra a se formar engenheira civil no país, e também a primeira em seu estado a obter esse título de graduação. Paralelamente, a farmacêutica Maria da Penha se consagrou líder de movimentos de defesa dos direitos das mulheres por conta do combate aos atentados inferidos pelo seu ex-marido. Um dos episódios sofridos por Maria foi considerado, pela primeira vez na história mundial, um crime de violência doméstica, após chegar à Comissão Interamericana dos Direitos Humanos da Organização dos Estados Americanos (OEA). Em 7 de agosto de 2006, foi sancionada a lei que leva seu nome e funciona como importante ferramenta legislativa no combate a crimes dessa natureza no Brasil.

Por fim, transcendendo a Terra, Valentina Tereshkova brilhou em 1963 ao se tornar a primeira mulher a ir ao espaço em uma missão bem sucedida e circular o planeta 48 vezes. Russa, ex- secretária e filha de pais proletários, Valentina tinha apenas 26 anos quando realizou o feito e, até hoje, ainda é a única  cosmonauta a subir ao espaço sozinha.

Como não atrapalhar a transformação feminina

A história do mundo já é repleta de fatos que depõem a favor da capacidade feminina de transformá-lo, mas, mesmo assim, não são raras as vezes em que atitudes negativas tentam ofuscar as realizações das mulheres.
Que tal conhecer alguns termos que indicam essas atitudes e garantir que elas deixem de ser  praticadas? Confira:

Manterrupting: Neologismo em inglês que se refere à interrupção desnecessária feita por um homem quando uma mulher está falando. O termo surgiu com o artigo “Speaking while Female” (falando enquanto mulher), publicado em 2015 no “The New York Times”, o qual cita um estudo feito por psicólogos de Yale que mostra como senadoras americanas se pronunciam significamente menos que seus colegas masculinos de posições inferiores. Fora isso, a prática foi largamente observada durante o período de debates que antecedeu as eleições presidenciais nos Estados Unidos:  segundo a revista Vice, na ocasião, o candidato republicano Donald trump fez 35 interrupções à sua adversária democrata Hilary Clinton, enquanto ela o interrompeu apenas 4 vezes.

Mansplaining: Uma explicação desnecessariamente detalhada de um assunto óbvio, dada pelo homem por acreditar que a mulher não o  entende. O termo é uma junção de “man” (homem) e “explaining” (explicar) e, segundo a ONG Think Olga, o verdadeiro objetivo dessa prática é desmerecer o conhecimento de uma mulher e atacar sua autoconfiança e segurança em relação ao domínio do tema do qual ela fala.

Gaslighting: a palavra vem do termo inglês gaslight ― uma espécie de lampião de gás conhecido pela luz inconstante que gera. Atribuída por diversas vezes a temperamento ou questões hormonais, a prática faz a mulher duvidar do seu senso, capacidade  intelectual, raciocínio, memórias e sanidade.

Sua  origem provém da peça teatral Gas Light, de 1938,  em que o personagem principal promove manipulações psicológicas contra uma vítima com a finalidade de fazê-la crer que é louca.

Bropropriating: Palavra nascida da soma entre “bro” (de brother, irmão, mano) e “appropriating” (apropriação). Significa apropriar-se da ideia de uma mulher e levar o crédito por ela. Em outra análise, a Think Olga ressalta que esta ação é, provavelmente, a razão pela qual existem tão poucas mulheres nas lideranças das empresas. “Além das supostas desvantagens mercadológicas e o preconceito de gênero, ainda servimos de plataforma para o crescimento de colegas homens, pelo simples fato de sermos menos ouvidas e levadas a sério, declarou a ONG.”

Tire o machismo do vocabulário

Abaixo, há também algumas expressões que, à primeira vista, parecem inofensivas e até divertidas, mas, na prática, indicam preconceitos e machismos velados que  precisam ser extintos. Revisite-as e risque-as do seu dicionário:

  • “Dirigindo desse jeito, só podia ser mulher!”
  • “Mulher tem que se dar ao respeito”
  • “Assim homem nenhum vai te querer”
  • “Ela é mal amada”
  • “Deixa de ser menininha!”
  • “Que nervosinha! Está de TPM?”
  • “Para conseguir isso, ela deve estar tendo um caso com ele.”

 

Fontes:

https://www.nexojornal.com.br/expresso/2016/09/28/%E2%80%98Manterrupting%E2%80%99-a-pr%C3%A1tica-sexista-de-interromper-uma-mulher-quando-ela-est%C3%A1-falando

http://movimentomulher360.com.br/2016/11/mm360-explica-os-termos-gaslighting-mansplaining-bropriating-e-manterrupting/

https://super.abril.com.br/mundo-estranho/mulheres-que-mudaram-a-historia-valentina-tereshkova/

http://www.palmares.gov.br/?p=44290

https://brasil.elpais.com/brasil/2018/02/26/politica/1519672164_945082.html

https://universa.uol.com.br/noticias/redacao/2018/03/14/12-comentarios-rotineiros-que-reforcam-o-machismo-no-dia-a-dia.htm

Curta o carnaval com atenção

Curta o carnaval com atenção

Carnaval época de festa e animação, momento de se descontrair com amigos, dançar e cantar. No entanto, para curtir o carnaval com saúde e sem consequências é preciso ficar atento aos excessos. Vamos focar nas dicas e cair na folia.

  • Hidratação

Com todo o agito do carnaval perdemos bastante líquido no suor, seguindo os foliões, dançando e cantando. E além do suor a bebida alcoólica (para quem consome), também contribui na desidratação. Não esqueça, evite exageros ao consumir bebidas alcoólicas, assim você vai curtir o melhor do carnaval.

Portanto abuse do consumo de água, água de coco, sucos naturais. A hidratação vai ajudá-lo a evitar o ressecamento da pele, a eliminar o álcool, combater o mal-estar entre outros benefícios. Não espere sentir sede para se hidratar.

  • Sombra e água fresca…

Sabemos que boa parte do carnaval ocorre nas ruas e embaixo do sol. Mas, a exposição ao sol entre as 10 – 16 horas não é benéfico a nossa pele, podendo causar queimaduras de pele, insolação entre outras lesões. Portanto, além de se manter hidratado, procure ficar na sombra, e mesmo na sombra use o protetor solar, assim vai reduzir os danos do sol.

Acompanhar os foliões embaixo de sombreiros é difícil, não é mesmo? Então, o que tal usar óculos de sol com proteção UVB/UVA, chapéu e repor o protetor solar a cada 2 horas? O cabelo e os lábios também exigem cuidados especiais e tem protetores específicos para eles. Vê se não esquece dessa dica!

  • Com que roupa eu vou…

Não precisa vasculhar o guarda roupa atrás de roupa de gala e salto alto. Lembre-se carnaval é para curtir, dançar e pular! Vista roupas e calçados confortáveis, evite excesso de acessórios para não se machucar e caia na folia.

  • Vai com calma no 220!

Bebidas e comprimidos energéticos são ricos em cafeína, isso pode atrapalhar seu sono e descanso para o próximo dia de festa, e além disso podem ser perigosos se combinados a bebidas alcoólicas.

Para aguentar a folia aqui vão duas dicas que não vão te causar danos ao estomago ou arritmia cardíaca:

  1. Durma bem antes das festas
  2. Faça uma alimentação saudável e equilibrada
  • A paquera está no ar!

Carnaval é o momento onde muitos se soltam e abrem as portas ao romance. Muitos namoros acontecem em meio a toda essa folia. Mas, não esqueça de se cuidar. Use camisinha nas relações sexuais e lembre-se que o beijo também pode causar inúmeras doenças como herpes labial, mononucleose. Fique atento!

  • Segurança

Com toda agitação e movimentação do carnaval não devemos esquecer da segurança.

  • Evite andar por locais isolados e com pouca iluminação
  • Evite andar com objetos de valor, bolsas grandes e carteiras a vista
  • Ande em grupos
  • Marque sempre um ponto de encontro, é muito fácil se perder em meio a toda multidão. Caso se perca do seu grupo de amigos, não o procure em meio a multidão, vá ao ponto de encontro e espere
  • Se sair com crianças, evite ficar no meio da multidão para não as machucar ou se perderem, e deixe junto a elas documento de identificação e telefones dos responsáveis, fique de olho!
  • Se beber, não dirija. Dê preferência ao transporte público ou individual privado, assim você zela pela sua segurança e dos demais.

Com essas dicas curta o melhor do carnaval. Faça o que mais gosta dance, descanse, pule e se divirta.

 

Fonte:

Anjos da Guarda

Segurança

Portal da Saúde

Todos contra a dengue

Todos contra a dengue

Estamos na época mais quente do ano, o verão! E com ela vêm as chuvas rápidas e intensas, fase que ajuda na proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da Dengue, Zika e Chikungunya: três doenças, um só mosquito.

As três doenças são transmitidas pela picada da fêmea do mosquito Aedes aegyptiinfectada com os vírus. Elas apresentam sinais e sintomas parecidos, mas têm níveis de gravidade diferentes e não há tratamento específico.

Observe o ambiente que você vive!  A principal medida é eliminar os criadouros do mosquito.

Vamos fazer nossa parte, evitar a proliferação do mosquito e assim não dar chance de casos das doenças.

Entenda mais sobre as doenças

  • Dengue

É uma infecção causada por vírus, que apresenta quatro sorotipos diferentes. Quem contrair dengue causada por um sorotipo não estará imune aos outros três.

Os sintomas febre, dor de cabeça, dores musculares e nas articulações, dor atrás dos olhos e manchas vermelhas na pele.

A doença pode evoluir para uma forma mais grave e ocasionar sangramento na pele, mucosas, órgãos internos e até à morte.

  • Chikungunya

É uma infecção viral causada pelo CHIKV e que pode se apresentar sob a forma aguda (com sintomas abruptos de febre alta, dor articular intensa, dor de cabeça e dor muscular, podendo acontecer erupções agudas. A dor articular evolui para uma fase crônica que pode persistir por meses ou anos. O nome da doença deriva de uma expressão usada na Tanzânia que significa `aquele que se curva”.

  • Zika

É uma infecção viral causada pelo ZIKAV e seus sintomas são vermelhidão no corpo coceira, olhos avermelhados sem coceira e sem secreção, febre inchaço e dores nas articulações e cabeça.

Fique atento aos sintomas:

  • Febre alta (39° a 40°C)
  • Dor de cabeça
  • Dor atrás dos olhos, que piora com o movimento deles
  • Perda do paladar e apetite
  • Náuseas e vômitos
  • Tonturas
  • Dores nos ossos e articulações
  • Coceiras
  • Manchas e erupções avermelhadas na pele semelhantes ao sarampo ou rubéola, principalmente no tórax e membros superiores
  • Moleza e dor no corpo

Diagnóstico

O diagnóstico é realizado por exames laboratoriais após a avaliação dos sinais e sintomas apresentados, levando em consideração também a presença da pessoa em áreas com detecção de casos das doenças nos 14 dias anteriores ao início do quadro. Por isso a importância da notificação dos casos através da secretaria de saúde.

Tratamento

Não existe medicamento específico contra as doenças acimas, os sintomas podem ser aliviados com o uso de medicamentos prescritos pelo médico.

Apresentando algum desses sintomas, procure atendimento médico. Não se auto medique!

Não devem ser usados medicamentos à base de ácido acetilsalicílico (aspirinas, antigripais, AAS) e anti inflamatórios, pois aumentam o risco de hemorragias.

  • O Mosquito

Aedes aegypti

Ele se caracteriza pelo tamanho pequeno, cor marrom e por nítida faixa curva branca de cada lado do tórax. Nas patas, apresenta listras brancas.

Quais os hábitos dele

Aedes aegypti vive de 35 a 45 dias, alimenta-se, reproduz-se e põe ovos durante o dia. As fêmeas do mosquito picam as pessoas, pois precisam de sangue para amadurecerem os ovos. E nesse momento que pode ocorre a transmissão das doenças, quando se é picado por fêmeas infectadas pelos vírus.

Ciclo de Reprodução

A fêmea deposita até 100 ovos nas paredes internas de recipientes que tenham, ou que possam acumular água parada, onde podem durar até um ano e meio. Em contato com a água, os ovos desenvolvem-se rapidamente em larvas, que dão origem às pupas. Delas, surge o adulto num ciclo de, aproximadamente, 7 dias.

 

PREVENÇÃO

Aedes aegypti tem como criadouros os mais variados recipientes que possam acumular água parada, domiciliares e peridomiciliares. Os mais comuns são pneus sem uso, latas, garrafas, prato dos vasos de plantas, caixa d’ água descobertas, piscinas e vasos sanitários sem uso.

Dengue mata! Prevenir é uma responsabilidade de todos!

O que fazer:

  • Evite usar pratos nos vasos de plantas. Se usar, coloque areia até a borda
  • Guarde garrafas com o gargalo virado para baixo
  • Mantenha as lixeiras limpas e tampadas
  • Deixe os tanques utilizados para armazenar água sempre vedados, sem qualquer abertura, principalmente as caixas d’águas
  • Plantas como bromélias devem ser evitadas, pois acumulam água, se tiver em seu quintal, tenha a disciplina de verificar esse armazenamento de água e retirar a água excedente
  • Trate a água da piscina com cloro e limpe-a uma vez por semana
  • Mantenha ralos fechados e desentupidos
  • Lave com escova os potes de comida e de água dos animais
  • Retire água acumulada das lajes
  • Evite acumular entulhos
  • Para mais informações, procure a Secretaria de Saúde do seu município

Importante:

Usar repelente também é uma forma de evitar a contaminação – use diariamente, para ir ao trabalho, caminhar no parque e nas atividades com a família

Use inseticidas aerossóis para combater os mosquitos que adentrem a residência

Sempre que puder, use roupas leves com mangas e calças em lugares que já tenham casos da doença.

Não deixe que essas doenças virem epidemia. Faça sua parte!

#todoscontradengue #mosquitonão

 

Fontes:

http://www.dengue.pr.gov.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=19

Mitos da Dengue

http://combateaedes.saude.gov.br

https://www.bio.fiocruz.br/index.php/dengue-sintomas-transmissao-e-prevencao

Brasileiros expatriados em Portugal passam a contar com programa especial de seguros

Brasileiros expatriados em Portugal passam a contar com programa especial de seguros

A MDS, empresa de atuação global de origem portuguesa, desenvolveu

soluções específicas para atender à demanda

 

Cada vez mais brasileiros estão se mudando para Portugal. Atualmente, segundo a Câmara Portuguesa, a estimativa é que haja 85 mil brasileiros residindo no país. Vantagens como segurança, custo de vida mais baixo que o do Brasil, transporte público interligado e bom funcionamento do sistema de saúde pública estão entre os maiores atrativos para a mudança.

“O governo português fez um bom trabalho e conseguiu recuperar áreas importantes, em especial, as de macroeconomia. As estratégias traçadas em longo prazo deram resultado e, hoje, Portugal é forte em diversos setores, como turismo e incentivo à inovação. Por conta desses fatores, o país também representa uma boa opção para quem deseja ter uma aposentadoria tranquila”, pontua Nuno Rabello de Souza, Presidente da Federação das Câmaras Portuguesas no Brasil.  “Como a crise no nosso país ainda não passou e as incertezas econômicas persistem, é natural que os brasileiros escolham uma pátria com bons indicadores econômicos e idioma semelhante para imigrar”, acrescenta o executivo.

Entretanto, apesar de imigrantes do Brasil já estarem adaptados aos hábitos lusitanos, fatores como assistência médica e rede de atendimento devem ser planejados com certa antecedência para que a experiência internacional não deixe a desejar em termos de qualidade de vida. Nesse sentido, ter acesso a um bom seguro pode fazer toda a diferença. E foi justamente pensando em necessidades como essas que a MDS, que atua na área de corretagem de seguro, resseguro, consultoria e gestão de risco, criou a MDS Expat, uma plataforma que disponibiliza soluções em seguros para expatriados.

Por meio de uma rede de especialistas internacionais e de parcerias com as principais seguradoras de Portugal, a ferramenta oferece diferentes tipos de coberturas e proteções para pessoas estabelecidas em terras portuguesas. Com um ano de atuação em Portugal, a MDS Expat já tem experiência no atendimento de imigrantes de línguas inglesa, francesa e espanhola que estão de mudança para o país e, a partir de agora, os brasileiros também passam a ter acesso aos seus serviços.

A rede de escritório MDS Expat abrange todo o país e conta com um call center multilíngue, capaz de fornecer respostas imediatas aos clientes. Por estar presente nos escritórios de Lisboa, Porto, Coimbra e Vilamoura – o que reafirma a sua base e natureza portuguesa –, e representar 42 empresas em 100 países espalhados pelos cinco continentes, a companhia conhece bem o perfil dos segurados de distintas regiões do planeta e pode oferecer modernas soluções digitais que melhoram o contato e o relacionamento com o consumidor.

O papel da MDS Expat consiste, precisamente, em facilitar a compreensão e a comparação entre os prestadores de serviços e os produtos disponíveis, e para isso, a rede disponibiliza seguros como Saúde, Acidentes de Trabalho e Construção desenhados especificamente para expatriados. “Muitos brasileiros chegam a Portugal com dúvidas sobre como funcionam os seguros ou quais são as melhores proteções para eles, e nós fazemos um acompanhamento específico para cada uma dessas pessoas e as ajudamos a escolher, dentre a nossa carteira de produtos, a opção ideal para auxiliar na adaptação ao país”, explica o diretor da MDS em Portugal, Christophe Antone. Trata-se de uma oferta completa, que visa dar todo o respaldo que esse público precisa. “É uma oportunidade grande de ter seguros pessoais e empresariais que podem trazer tranquilidade nesse processo de mudança”, opina o Presidente da Federação das Câmaras Portuguesas no Brasil.

MDS apoia João de Macedo, surfista de ondas grandes

MDS apoia João de Macedo, surfista de ondas grandes

No dia 25 setembro, a MDS realizou o Almoço Conferência com João de Macedo, o surfista de Ondas Grandes. O encontro aconteceu no Hotel Farol Design, em Cascais, Portugal, e foi a primeira iniciativa relacionada ao patrocínio estabelecido com o atleta a fim de garantir sua presença no Circuito Mundial de Ondas Gigantes e também nas ondas Mavericks, na Califórnia.

Esta parceria se baseia nos valores que a MDS e João compartilham no âmbito da gestão de riscos, pois, como se sabe, o surf de ondas gigantes acarreta um nível de periculosidade significativo, e gerenciá-lo é fundamental não somente para ter sucesso na modalidade, mas também para assegurar a saúde e o bem-estar do atleta. A MDS tem a gestão de riscos como uma de suas principais soluções e, por isso, faz parte de sua missão ajudar os clientes a se protegerem dos perigos que os cercam, por meio de soluções em seguros personalizadas conforme suas necessidades.

“Esta parceria com João de Macedo é muito relevante, dada a dimensão do desafio esportivo que ele representa. Por meio deste apoio, reforçamos os valores que partilhamos em relação ao gerenciamento dos riscos do dia a dia, e também evidenciamos nossa busca por excelência em tudo o que fazemos, com conhecimento, preparação e trabalho”, destaca Ricardo Pinto dos Santos, CEO da MDS Portugal.

João de Macedo é licenciado em Economia e, no ano 2000, fundou a  João Macedo Surf Academia, na Praia Grande e em Carcavelos, Portugal. Foi o primeiro surfista profissional – Português e Europeu – a se qualificar para disputar o Mundial de Ondas Grandes de remada (World Surf League), e terminou no Top 5 na época de 2012/2013. Foi também cofundador do Movimento de Reservas Mundiais de Surf na Califórnia.

Jacqueline Legrand faz parte das Women to Watch EMEA 2018

Jacqueline Legrand faz parte das Women to Watch EMEA 2018

É com enorme prazer que informamos que Jacqueline Legrand, CEO da Brokerslink e COO do MDS Group, foi reconhecida pela prestigiada revista americana Business Insurance como uma das Women to Watch EMEA 2018. A executiva é uma das 15 vencedoras entre as mais de 500 nomeadas.

A premiação

O Women to Watch Awards, criado em 2006 pela Business Insurance, reconhece as mulheres em posições de liderança nas áreas de seguros, gestão de risco e afins e que se destacaram pelo excelente trabalho, conhecimento, realizações, gestão e contribuição para o desenvolvimento do setor em que atuam. Em 2017,  foram lançados os Women to Watch EMEA para homenagear as executivas femininas da Europa, Oriente Médio e África.

A cerimônia de entrega dos prêmios Women to Watch EMEA 2018 acontecerá no dia 16 de novembro, em Londres.

Parabéns, Jacqueline Legrand!