A MDS INSURE BRASIL ANALISA O MERCADO DE SEGUROS APÓS A OPERAÇÃO LAVA JATO

A MDS INSURE BRASIL ANALISA O MERCADO DE SEGUROS APÓS A OPERAÇÃO LAVA JATO

A MDS INSURE BRASIL ANALISA O MERCADO DE SEGUROS APÓS A OPERAÇÃO LAVA JATO

As empresas de seguros enfrentam atualmente um novo desafio: a alta procura por proteção do tipo Directors & Officers, mais conhecido pelas iniciais D&O. O alto escalão de grandes empreiteiras buscam o pagamento de sinistros pelas seguradoras, mas o alto valor da indenização e contratos com cláusulas sujeitas a interpretações podem dificultar o processo.

Desde quando a Lava Jato entrou em cena, em 2014, o pagamento de sinistros aumentou em 235%, número que está levando várias corretoras a restringirem os casos cobertos pelos D&O ou até mesmo a retirarem o produto de suas prateleiras. E como há dois anos ninguém estava preparado para essa situação, é de se imaginar o impacto nas seguradoras.

Além do atual cenário brasileiro, há empresas que possuem investidores estrangeiros, como a Bradesco e a Petrobras, ambas envolvidas em ações coletivas. Nesses casos, as apólices podem chegar a um pagamento superior a 10% do valor contratado.

Caso a investigação do Ministério Público comprove as práticas ilegais, por exemplo, a empresa segurada pode perder a cobertura do D&O. “A condenação na Justiça por um ato doloso pode abrir o precedente para que a seguradora não pague o sinistro”, diz Leandro Freitas, gerente de Financial Lines da MDS Insure Brasil.